domingo, 16 de julho de 2017

Será que os silêncios são doces?





Descobri esta escritora há algum tempo e cada livro é um encanto e um encantamento.
Este é uma história de família onde os segredos mais bem guardados acabam por vir ao de cima. Porquê? Porque o filho resolve ter uma relação amorosa com a filha do presidente dos Estados Unidos, sua colega de faculdade.
Mas o livro não é sobre a história dos jovens. O livro é sobre as suas famílias, traumas e segredos. 
De repente, Hush, a mãe do jovem, tem de começar a perceber que a sua vida pacata e sossegada, pode ser posta em causa pela comunicação social, pelo presidente e pela primeira dama (que não é de todo uma figura simpática) e principalmente, por Nick elemento próximo ao casal presidencial e ex-elemento dos serviços secretos que lhe invade a casa para proteger a jovem estudante, sua afilhada.
O livro mostra-nos que as vidas cor de rosa não existem e muitas vezes são apenas capas para segredos que não se querem confessar. Este é também um livro que nos prova que, mais cedo ou mais tarde, tudo o que escondemos acaba por vir ao de cima.
Contada a duas vozes, muito eu gosto de livros assim, Hush e Nick acabam por nos pôr ao corrente dos seus passados, fazendo com que o leitor seja um espetador privilegiado, pois tem conhecimento da história toda o que não acontece com as outras personagens.
Este passado, por sua vez, condiciona as escolhas das duas personagens principais, bem como as suas relações com as personagens secundárias. De alguma forma, e em determinado momento, estas mentiras fazem com que as relações interpessoais entre as personagens se alterem completamente, criando uma narrativa bastante dinâmica.
Não percam. Romance do melhor.



Sinopse: Após a morte do marido num trágico acidente, Hush McGillen não se deixou abater. Transformou os pomares de maçãs da família num negócio de sucesso e o filho, Davis, está a estudar na conceituada Universidade de Harvard.
Contudo, este idílico paraíso cai por terra quando o filho aparece com uma companhia inesperada: a filha do Presidente dos Estados Unidos. De um momento para o outro, Hush tem de lidar com os Serviços Secretos, a comunicação social e, pior do que tudo, os novos sogros do filho - e a primeira-dama não está nada satisfeita.


              Com o agente federal Nick Jakobek, enviado pela família presidencial para resgatar a filha, a trazer ainda mais caos à sua vida, Hush vê-se perante a necessidade de fazer todos os possíveis para salvar o seu negócio, a sua reputação e a sua família - pois o seu passado não é exatamente o conto de fadas que todos julgam.

2 comentários:

  1. Olá,
    Eu não conheço a autora. Nunca li nada dela.
    Poderá ser uma aposta para o futuro.
    ;)

    ResponderEliminar